A versatilidade do biombo

Funcional e decorativo: esse é o biombo. Muito usado para separar ambientes sem deixar que eles comuniquem-se, essa peça também embeleza e dá graciosidade. Super adequado para quartos, salas e espaços comerciais.

Você encontra no mercado uma variedade enorme de biombos. Eles são criados a partir dos mais diferentes materiais: bambu, tecido, vidro, metal, madeira e ainda outras matérias-primas.

De onde vem o nome do biombo?

Vem de byôbu, que podemos traduzir do japonês como ‘anteparo’. Muito presente nas residências orientais, o biombo era usado para impedir que correntes de ar entrassem pela porta da frente das moradias. Depois o biombo passou a ser usado no interior das casas, onde cumpria a função de isolar parcialmente ambientes contíguos.

A evolução do biombo

Até várias décadas atrás era bastante comum a gente notar a presença de um biombo somente nos camarins de artistas e nos consultórios médicos. É que essa foi função inicial exercida pelo biombo quando ele foi adotado pelos ocidentais: oferecer privacidade. Claro, tanto artistas quanto pacientes precisam trocar de roupa rapidamente. Se o tempo é curto para ir até outro cômodo, as pessoas podem despir-se atrás de um biombo.

Nesses casos, os caixilhos do biombo, quer dizer, aquelas peças conectadas por dobradiças, tinham que ser inteiriças. Mas hoje em dia, é perfeitamente possível encontrar diversos tipos de caixilhos. A lista inclui até aqueles contendo espaços vazados, lembrando uma renda ou treliça.

Assim, o biombo continua sendo usado para ocultar alguma atividade ou situação. Mas os designers de interiores mostram que o biombo passou por uma espécie de upgrade. Ele esconde uma face do ambiente, mas ao mesmo tempo revela descontração, harmonia e bom gosto. No entanto, veja bem: se você vai usar um biombo, o mais importante é lembrar que ele deve combinar com os móveis e os objetos que estão no entorno dele.

A arte de usar o biombo na decoração da casa

O biombo pode, por exemplo, ser uma divisória entre a sala de estar e o home-office. Há uma tendência contemporânea de morarmos em espaços restritos, mas que precisam compartilhar funções diversas. Muitas vezes não dispomos de um cômodo a mais na casa ou apartamento para ser nosso cantinho de trabalho. Aí, podem surgir alguns conflitos.

Desse modo, pense em um biombo de madeira ornamentado com poucas plantas não dependentes de luz direta. Ele nos presenteia com delimitação de “território” e também com valorização estética da sala de estar.

O “parquinho” das crianças fica próximo da entrada do apartamento. Todas as vezes que um visitante chega inesperadamente, não é possível arrumar a bagunça com antecedência. Além disso, os pequenos resistem em deixar o local. Pois é, lembre-se que um biombo é um tipo de parede que você pode transportar. Ele vem bem a calhar nesses momentos.

Uma parede da sua casa está com problemas de infiltração. No momento, você está com muito trabalho ou sem ânimo para procurar um prestador de serviço. Procure um biombo charmoso e o instale de forma que ele esconda o bolor ou as placas de tinta se soltando.

Nas suítes, um biombo disposto na frente da porta do banheiro faz aquele ponto ficar mais isolado do restante. Se você adorna o mesmo com detalhes divertidos, isso pode te dar uma mãozinha para diminuir o mau humor matinal.

Você não tem closet, mas gostaria de poder se trocar mais reservadamente? Se um biombo elegante dividir o espaço entre a cama e o armário, pronto, problema resolvido. Imagina se um dos caixilhos desse biombo tiver um espelho de corpo inteiro que fica voltado para o armário ou para uma parede. Aí, sim, perfeito, não é? Os caixilhos podem conter também suportes para pequenos objetos como colares e echarpes.

Muitas casas têm um lavabo próximo da sala de jantar. Planeje a decoração desse lavabo incluindo um biombo refinado. Com certeza, essa peça vai reforçar a sensação de cuidado e delicadeza que você transmite aos outros.

Sua sala de estar tem uma porta de vidro de acesso para a varanda. Quando você usa a sala, percebe que está sendo observada pelos moradores do apartamento em frente ao seu. Você não quer as cortinas fechadas nesse momento.

Um biombo de madeira com espaços vazados nesse local não impede a circulação de ar nem a entrada de luz. Além de te proteger dos olhares curiosos, o biombo vai trazer naturalidade e aconchego para sua sala.

Ao ser usado somente para decorar, o biombo traz charme para qualquer cantinho. Por exemplo, se usado como cabeceira de uma cama box, o anteparo cria uma atmosfera romântica. Mesmo se a cama tiver cabeceira, desenhos em tons suaves em um biombo de madeira disposto atrás da cama dão vitalidade ao lugar.

Atrás de um sofá, um biombo também cumpre a função de emprestar elegância e singularidade à sua sala. E quando você se cansar dessa peça naquele ponto da casa, é possível mudá-la para outro canto. Ou mantê-la ali, mas mudar a sua tonalidade. Ou ainda manter a mesma cor, mas incrementando a peça com uns grafismos.

O biombo e o mundo dos negócios

Bloquear a observação de clientes que estão usufruindo de um serviço como lavagem dos cabelos pode ser uma tarefa para o biombo. Ele também pode separar o espaço entre grupos de funcionários numa start-up ou em outro tipo de microempresa. No entanto, não significa que essa divisória entre clientes recém-chegados e em atendimento e entre colaboradores com funções diferentes não possa transmitir uma mensagem.

É possível que, instalando um biombo simples e barato, o sentimento que ele inspire seja de descaso. Ou no mínimo não produza nenhuma sensação nas pessoas que o observam. Porém, por que não tentar que o biombo traduza a personalidade do empreendedor ou da empresa?

Um biombo de madeira, por exemplo, proporciona uma agradável sensação de conforto em um espaço comercial. Além de ser um material que nos aproxima da natureza, a madeira funciona como isolante térmico e acústico. Dessa forma, o empreendedor sinaliza que assegurar o bem-estar das pessoas faz parte dos seus propósitos.

Há outra possibilidade. Que tal adquirir um revestimento adesivo decorativo em alto relevo ou placa 3D confeccionado em madeira? Esse revestimento pode ser aplicado em um biombo convencional de estrutura fina. Você mesmo consegue fazer a aplicação. Além das peças serem entregues junto com o manual de montagem, você conta com assistência pelo telefone. A placa 3D está disponível em diferentes tonalidades. Assim, você escolhe a cor do revestimento adesivo que combina mais com o espaço que vai abrigar o biombo.

Caso você queira redecorar o ambiente, não precisa desfazer-se do biombo. Esse revestimento em alto relevo aceita coloração para madeira. A limpeza do biombo é bastante simples: basta um pano seco ou pouco úmido.

Retirada de áreas de reflorestamento, a madeira usada na placa 3D se torna um investimento em uso sustentável de recursos naturais. Assim, o biombo passa um recado de que a empresa é ambientalmente responsável.

Enfim, o biombo é um objeto multifuncional e versátil. E o mais curioso é que o biombo ajuda a exercitar a criatividade. São inúmeros os formatos, cores e utilidades que um mesmo biombo pode assumir. Basta que a gente dê asas à imaginação.

 

 

BACK