Uma decoração neutra com toques contrastantes

Ao iniciar a decoração de um espaço, partimos de um estilo, uma inspiração ou até de um móvel específico. Nessa etapa, a escolha da paleta é fundamental. Cores neutras – geralmente suaves como branco, off white, beges, nudes, cinzas e madeirados, ou mais escuras como preto, grafite e amarronzados – formam uma base sem erro para qualquer ambiente. Utilizados em diferentes texturas, os neutros podem muito bem “segurar” o décor sozinhos. Mas se a ideia for alegrar ou dar um pouco mais de bossa, pontuar a decoração com cores é a pedida certa. O ideal é escolher elementos-chave que carreguem um colorido. Vale desde uma parede, um móvel a obras de arte. Adornos ou complementos, como almofadas e tapetes também podem ser seu ponto de cor. Só não abuse da quantidade de nuances para manter a proposta original de neutralidade. Confira as dicas que separamos para você dar um toque de vida e cor no seu décor!

Neste espaço Guilherme Ribeiro, André Bastos, Raquel Nogueira e Renato Yonemoto optaram por um tapete esverdeado. Cheio de frescor, ele “levanta” os sofás, almofadas e mesas acinzentados, dando vida e cor ao ambiente. O painel de madeira é o plano de fundo perfeito para essa paleta de cores.

UM MÓVEL COLORIDO

O ponto vibrante pode morar até na mesa de jantar. Foi a ideia de Rafael Souza e Jorge Trabuco. O azul intenso, de acabamento laqueado, sobressai em meio ao branco, cinza e madeirados do piso e do resto dos móveis. A parede cinza, com fotos em P&B, não deixa pesar o visual. Para arrematar, o toque glamoroso do pendente dourado.

Fernanda Christine não teve medo de usar uma seda em tom de vinho rosado em toda a extensão do sofá Coevo, bem como nas telas atrás dele. Mas a “ousadia” para por aí. Os demais elementos do espaço carregam tons discretos, mantendo a elegância.

Já o Loft de Ângela Roldão pontua apenas a poltrona Side em amarelo. O tom vibrante proporciona mais vida e cor ao espaço. A ampla estante preta, mas vazada, é a companhia ideal.

“AZUL É A COR MAIS QUENTE”

Estas três imagens mostram o que algumas pinceladas de azul podem fazer por um ambiente! Repare que neles a base varia apenas entre amarronzados e acinzentados. No primeiro espaço, Fernanda Julião elegeu dois pontos de azul – a cortina e o vaso. No segundo, o escritório Óbvio Arquitetura “azulou” as poltronas Cafuá, dando um ar supermoderno às peças. Já Roberta Lopes, no terceiro ambiente, montou uma composição fofa com o banco e as mesas laterais..

DETALHES QUE DÃO BOSSA

O colorido pode vir não só do décor, mas de um elemento arquitetônico. Este Loft BEP, do BEP Arquitetos, teve parte do forro retirada para deixar exposta a tubulação de incêndio. O estilo industrial é muito forte nesta composição. O detalhe vermelho é realçado pela neutralidade do restante do ambiente.

O fundo em tons de cinza ganha vida e cor com a dupla de mesas laterais Havana, com base em madeira e tampo vermelho. O ambiente é o Quarto da Blogueira de Moda, criado por Carmen Calixto.

Na Sala de Vestir, de Luis Roberto de Castro Rios, a cor aparece na iluminação! Um detalhe sutil, azulado, mas que enriquece o closet, quase todo preto.

Laísa Carpaneda e Flávia Nasr deram mais vida e cor à Varanda Gourmet com o nicho laranja e os assentos das cadeiras em tecido listrado de azul e branco.

Uma obra de arte, como a tela vibrante escolhida por Josiane Dalvi Alves, faz toda a diferença em um ambiente neutro. A Sala de Estar e Jantar, na Decora Vitória, ainda recebeu o colorido da manta bordada, sobre o pufe, e diversos vasos de plantas. Sim! Elas também podem encher de vida e cor a sua casa.

TONS SUAVES TÊM SEU LUGAR

As cores não precisam ser super intensas para animar um ambiente. Carmen Calixto optou por um verde claro para a estante Cobogó, no Living Compacto da Decora Lider BH.

Fátima Brandani também fez escolhas suaves para seu espaço na Decora Lider Ribeirão Preto. Um verdinho na parede e um rosa delicado colaboram para atmosfera apaixonada do Home Office e Sala de Leitura do Casal Romântico.

PAREDES TAMBÉM PEDEM VIDA E COR!

Renata Ciccarini e Vilmara Januzzi optaram por um revestimento vermelho para a parede atrás da bancada. Muita madeira e fibras colaboram para um espaço ainda mais acolhedor.

Um verde agradável tinge as paredes do ambiente de Gabriel Figueiredo e Fabrício Frezza. Tudo em perfeita harmonia com os móveis em preto e cinza, além da mesa em madeira de demolição.

O verde também colore uma das paredes do Quarto de Casal assinado por Lya Magalhães. Aqui, ele é acompanhado pelo azul na parede lateral e nas cortinas. Além, é claro, de muito branco e toques de marrom nos móveis e complementos.

Ref. http://www.liderinteriores.com.br/blog/toque-de-vida-e-cor-decoracao-neutra/

REVESTIMENTO 3D DE MADEIRA

Revestimento 3D painel madeira

Revestimento 3D painel madeira

O revestimento 3D em madeira empresta aos ambientes a ideia de sofisticação, mas ao mesmo tempo de proximidade com a natureza. Cobrindo uma parede inteira ou apenas parte dela, o revestimento 3D em madeira pode ser usado tanto em residências quanto em espaços comerciais. Ele é ótimo para personalizar salas, dormitórios, hall de entrada de hotel, consultórios ou empresas.

Revestimento 3D de madeira direto da fábrica

Condições especiais para arquitetos e decoradores

Faça o seu pedido de orçamento abaixo


Revestimento 3d madeira

BACK